Posts com Tag ‘Videos’

Salve, salve simpatia!!

Acho que muitos já perceberam que os shows foram removidos do 4shared, culpa dele! Estarei postando novamente e divulgando aqui na medida do possível.
Para começar vamos com o ÚLTIMO show em Brasília do nosso saudoso Mestre Zinho.

Quem foi Mestre Zinho 
por Adriana Caitano

Não é à toa que Erivan Alves de Almeida levava o título de mestre. Neto de Mestre Bruno, um daqueles sanfoneiros de oito baixos que só o Nordeste sabe gerar, Zinho, como ficou conhecido já na infância, cresceu com o talento e o amor pelo forró pé-de-serra correndo nas veias. Talento que foi reconhecido pelo próprio Rei do Baião e foi aclamado por milhares de forrozeiros do País. Aos 65 anos de idade e mais de 30 de carreira, o mestre do triângulo que tinha a voz mais bonita do forró partiu na tarde do dia 31 de janeiro de 2010.

Da infância em meio à pobreza e à seca, o cantor nascido em Rio Largo, Alagoas, guardou a força nordestina e as influências dos antigos trovadores, que marcam sua voz. O timbre doce, balanceado e ao mesmo tempo alegre, grave e forte, chamou a atenção até mesmo de ninguém menos que Luiz Gonzaga. Zinho contava que, quando estava à beira da morte, no hospital, Gonzagão o chamou e disse: “Depois de mim e Lindú (vocalista do Trio Nordestino, já morto na época), você é o melhor cantor de forró vivo. Não é para você se achar não viu, carrega essa bandeira”.

Obediente, Mestre Zinho, que foi vocalista do grupo Os Três do Nordeste por oito anos, seguiu direitinho o pedido do grande rei. Levantou bem alto a bandeira do forró pé-de-serra e a levou a todos os cantos por onde passou. Já em carreira solo, havia gravado o disco “Murro em ponta de faca”, com a participação de Dominguinhos, Amelinha e Luiz Gonzaga, um ano antes da morte do rei. Desde então não parou mais. Nem mesmo quando sofreu um acidente de carro, em 1987, que lhe tirou parte dos movimentos de uma das mãos, um câncer de próstata em 2006, uma cirurgia cardíaca em 2008. No mesmo ano, Zinho teve uma paralisia facial e passou a se apresentar com ainda mais dificuldades. Assistir seu show assim era triste, dolorido, mas emocionante.

Durante a carreira solo, fez participações importantes, como no álbum “Fruto”, de Elba Ramalho, e no projeto “Forró de cabo a rabo”, promovido pelo Centro Cultural Banco do Brasil. Lançou outros discos e CDs, como “De documento na mão”, “Aí o bicho pega”, “Forró do apagão” e “Gelo na farinha”. Em 2007, foi a vez de “Canta o que o povo gosta” e em 2008 gravou em São Paulo um álbum ao vivo.

mestre-zinho-2009-2-500x332
Infelizmente no dia 31 de Janeiro de 2010 recebemos a triste notícia do seu falecimento.

Morre no Rio o alagoano Zinho, mestre do forró

Cantor se recuperava de tratamento de câncer em hospital desde o último dia 22; o sepultamento será na capital carioca
Gazetaweb

Erivan Alves de Almeida, 63 anos, alagoano que ficou conhecido no Brasil inteiro como Zinho, o mestre do forró, faleceu por volta das 17h deste domingo no Hospital Mário Kröeff, no bairro da Penha, cidade do Rio de Janeiro. O cantor e compositor, nascido em Rio Largo, recuperava-se do tratamento de um câncer de próstata e havia sido surpreeendido pelo crescimento de um nódulo pescoço. Em virtude disso, o músico estava internado desde o último dia 22.O sepultamento será no Rio de Janeiro. O local e o horário ainda será definido.

“Ele já tinha outra família constituída aqui no Rio de Janeiro e não achamos justo tirá-lo daqui para sepultar em Maceió. Ainda estamos decidindo onde será sepultado, pois a médica ainda não liberou o corpo para o velório”- explica Márcio Roberto de Almeida, o segundo, dos cinco filhos, do primeiro casamento do cantor.

De acordo com Margô Casas, esposa de Zinho, o cantor estava se alimentando com sonda, respirando com a ajuda de aparelhos e passava a maior parte do tempo sedado. O filho do cantor, Márcio Roberto, disse por telefone que o pai não reagia a estímulos desde a sexta-feira. Neste domingo ele teve uma parada cardíaca.

Assim como outros grandes nomes da música nordestina Zinho deixou e deixa saudade. Agora aproveitem e gostando compartilhem com seus amigos!

Mestre Zinho Arena do Forro 050309 01
Mestre Zinho Arena do Forro 050309 02
Mestre Zinho Arena do Forro 050309 03
Mestre Zinho Arena do Forro 050309 04
Mestre Zinho Arena do Forro 050309 05
Mestre Zinho Arena do Forro 050309 06
Mestre Zinho Arena do Forro 050309 07
Mestre Zinho Arena do Forro 050309 08

Segue alguns videos que nosso querido Délio Araújo gravou! Aí que sorte!!! \o/

Fontes: Blog Forró Pé de Serra DF

Para mais show acessem: Arquivos Forropezaum
 

Olá galera forrozeira,
Hoje depois de alguns dias sem postar nada aqui, venho trazer mais um video da Série O milagre de Santa Luzia. E nesse episódio trazemos nada mais nada mesno que o grande sanfoneiro e compositor Genáro!!!

Aproveitem esse video!!!

Sinopse da série

A série de TV O Milagre de Santa Luzia revela, por meio de um mergulho profundo no universo da sanfona, um Brasil diverso e riquíssimo culturalmente. São 52 programas dirigidos pelo cineasta Sérgio Roizenblit, que também assinou a direção do longa-metragem homônimo que deu origem à série. A ideia do documentário, por sua vez, nasceu do projeto O Brasil da Sanfona, de Myriam Taubkin, cujo material, tanto de pesquisa como de imagens, foi amplamente usado nos programas. Além da direção e da linguagem documental, outra ‘herança’ do filme é a condução sensível e cativante do mestre Dominguinhos, o maior sanfoneiro do Brasil. Ele apresenta personagens e lugares inesquecíveis, do extremo sul ao nordeste, passando pelos centros urbanos, o interior paulista e o remoto sertão do centro- oeste, e traz ao conhecimento do espectador elementos raros da cultura de todo o país. A sanfona, por ser um Instrumento fundamental da música regional, mas por ser usada também em orquestras e na música popular das grandes capitais, aparece como elemento perfeito para contemplar essa diversidade e riqueza, e desvendar os tantos brasis que compõem o Brasil.

Genaro
Pernambuco

Alagoano, morando há muitos anos em Recife, Genaro é um dos mais respeitados sanfoneiros do nordeste. Conhecido por ter substituído Lindu à frente do Trio Nordestino no começo dos anos 80, Genaro ficou muitos anos no grupo, até o inicio da década de 90. A partir daí, começou a tocar com Walkiria, sua esposa, com quem emplacou muitos sucessos. Genaro, além de grande instrumentista, tem uma voz afinadíssima, e, junto com Camarão, Dominguinhos, Arlindo dos 8 Baixos e outros poucos, faz parte da nata dos sanfoneiros pernambucanos de forró.


Fonte: A Série O Milagre de Santa Luzia

E em breve novos videos!!!
Abraço a todos e um excelente e abençoada semana!!!

Olá Galerinha!!!

Hoje daremos continuidade aos nossos posts, da Serie O Milagre de Santa Luzia, que fala uma pouco da história dos sanfoneiros Brasileiros.
E pra continua a serie vamos hoje de Caçulinha!!! Aí vamos nós!!!

Sinopse da série

A série de TV O Milagre de Santa Luzia revela, por meio de um mergulho profundo no universo da sanfona, um Brasil diverso e riquíssimo culturalmente. São 52 programas dirigidos pelo cineasta Sérgio Roizenblit, que também assinou a direção do longa-metragem homônimo que deu origem à série. A ideia do documentário, por sua vez, nasceu do projeto O Brasil da Sanfona, de Myriam Taubkin, cujo material, tanto de pesquisa como de imagens, foi amplamente usado nos programas. Além da direção e da linguagem documental, outra ‘herança’ do filme é a condução sensível e cativante do mestre Dominguinhos, o maior sanfoneiro do Brasil. Ele apresenta personagens e lugares inesquecíveis, do extremo sul ao nordeste, passando pelos centros urbanos, o interior paulista e o remoto sertão do centro- oeste, e traz ao conhecimento do espectador elementos raros da cultura de todo o país. A sanfona, por ser um Instrumento fundamental da música regional, mas por ser usada também em orquestras e na música popular das grandes capitais, aparece como elemento perfeito para contemplar essa diversidade e riqueza, e desvendar os tantos brasis que compõem o Brasil.

Caçulinha
São Paulo

Hoje em dia mais conhecido por seu trabalho na TV, Caçulinha é, mais do que tudo, um nome importantíssimo na história da música popular brasileira. Filho e sobrinho de um duo de violeiros muito conhecido no interior de São Paulo – Mariano e Caçula, Caçulinha cresceu no meio musical e iniciou sua carreira aos 8 anos, tocando num programa de rádio. A partir da década de 50, sua carreira como acordeonista deslanchou; tocou com muitos grupos e alguns dos principais músicos da MPB, como João Gilberto, Elis Regina, Luiz Gonzaga e Caetano Veloso. Em gravação para a série O Milagre de Santa Luzia, num bate-papo divertidíssimo com o amigo Dominguinhos, que não via há anos, Caçulinha mostrou também seu lado piadista e contador de ‘causos’. Além das histórias relembradas, é claro, os dois tocaram músicas belíssimas na gravação. Foi um encontro para entrar para a história.

Fonte: A Série O Milagre de Santa Luzia

É isso ai galerinha em breve novos videos!!! Abraços!!!

Forrozeiros e forrozeiras,

Nessa quinta dia 16/08/2012 teremos o prazer de receber, novamente, esse grande trio que é sucesso em todo o Brasil. E a atração será nada mais nada menos que Os 3 do Nordeste!!!

E pra galerinha que não conhece vai ai a biografia do trio!

Biografia

Inicialmente batizado de Trio Luar do Sertão, o grupo formou-se com Parafuso, Zé cacau e Zé Pacheco em 1969, no Rio de janeiro, através do convite de Jackson do Pandeiro, que era amigo de longa data de Parafuso, chegando o grupo a substituir o trio principal da gravadora CBS, hoje Sony Music.

Em 1972 gravaram seu primeiro LP, mudando o nome para Os 3 do Nordeste, por sugestão do mestre Abdias dos Oito Baixos ,na época seu diretor musical. Vindo já neste lançamento o estrondoso sucesso “Forró de Tamanco”, permanecendo nas paradas por muito tempo, como no caso de “É proibido cochilar” em 1973, tendo uma venda de mais de 500 mil cópias, número muito significativo para a época, dentre outros como: Homem com H, Forró do Poeirão, Amor com Café, Pra Virar Lobisomem, Botando Quente, Osso Duro de Roer – sendo estes regravados por artistas renomados da nossa música popular brasileira.

Durante sua trajetória, sempre erguendo a bandeira do Forró Pé de Serra com muito entusiasmo e carinho por sua cultura, o trio passou por várias formações sendo a atual com Parafuso – fundador do trio -com todo vigor juntamente com seus dois amigos Deda, que neste ano comemora 12 anos no trio com sua voz marcante e Adriano com toda sua irreverência e simpatia. Juntos à uma maravilhosa banda e produção composta por 14 integrantes, produzindo uma estrutura inovadora proporcionando ao espectador um show de puro forró!

Hoje comemorando 40 anos de carreira triunfa, agradecem principalmente a Deus por ter chegado até aqui e a este público maravilhoso que sempre está a segui-los por estrada a fora.

Fonte: Os Três do Nordeste

Aproveitem galera!!!

Galerinha,

Hoje venho compartilhar com vocês um pouco dá história desse instrumento que é base do nosso querido forró pé de serra, A SANFONA,  e de vários músicos que carregam esse instrumento no peito. Serão vários posts que estarei colocando aqui pra vocês. Espero que gostem.

Sinopse da série

A série de TV O Milagre de Santa Luzia revela, por meio de um mergulho profundo no universo da sanfona, um Brasil diverso e riquíssimo culturalmente. São 52 programas dirigidos pelo cineasta Sérgio Roizenblit, que também assinou a direção do longa-metragem homônimo que deu origem à série. A ideia do documentário, por sua vez, nasceu do projeto O Brasil da Sanfona, de Myriam Taubkin, cujo material, tanto de pesquisa como de imagens, foi amplamente usado nos programas. Além da direção e da linguagem documental, outra ‘herança’ do filme é a condução sensível e cativante do mestre Dominguinhos, o maior sanfoneiro do Brasil. Ele apresenta personagens e lugares inesquecíveis, do extremo sul ao nordeste, passando pelos centros urbanos, o interior paulista e o remoto sertão do centro- oeste, e traz ao conhecimento do espectador elementos raros da cultura de todo o país. A sanfona, por ser um Instrumento fundamental da música regional, mas por ser usada também em orquestras e na música popular das grandes capitais, aparece como elemento perfeito para contemplar essa diversidade e riqueza, e desvendar os tantos brasis que compõem o Brasil.

O primeiro músico que falaremos aqui é de Luciano Maia.

Luciano Maia
Rio Grande do Sul

Natural de Pelotas, Luciano Maia iniciou seus estudos musicais aos 9 anos. Aos 13, já era considerado um fenômeno entre os que o ouviam nos festivais de música nativista. Na adolescência, mudou-se para Porto Alegre. Lá conheceu e tocou com os maiores nomes do Rio Grande do Sul, como Edson Dutra, Renato Borghetti, Luiz Carlos Borges, Oscar dos Reis e muitos outros. Seu nome aparece em mais de 80 discos, entre CDs solo, parcerias, participações especiais, projetos especiais e gravações independentes. Além de representante da tradicional música gaúcha, Luciano, com vasto repertório musical, também inova com experimentos muito bem-sucedidos. É o caso do Quartchêto, grupo que, além da gaita, conta com bateria, trombone e violão, e vem se apresentando em importantes festivais pelo Brasil. Grande fã de Dominguinhos e Albino Manique, que inspiram muito sua música, Luciano também recebe elogios dos mestres, que o consideram um dos grandes nomes da nova geração.

Forrozeiros e forrozeiras,


Depois de algum tempo sem postar novos shows aí vai mais um showzinho para download. Esse foi o ultimo show do Trio Alvorada em Brasília.
Quem ainda não conhece o Trio Alvorada pode conferir o release dos cara aqui: Release Trio Alvorada.

Espero que gostem!!!

Abraço a todos!!!

links para donwload:
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 01
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 02
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 03
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 04
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 06
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 05
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 07
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 08
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 09
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 10
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 11
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 12
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 13
110630 Trio Alvorada Arena do Forro 14

Para mais shows acessem: Arquivos Forropezaum

Galerinha forrozeira,

Segue ai a letra e um video com a música Promessa de Amor, Raizes do Sertão. Música campeã do 11º fenfit.

Promessa de Amor

o meu coracão eu conheço
só que nao conheço o teu
não sei o que tem dentro dele
mas desejo que seja meu

trago comigo a promessa de amor
em troca eu quero a tua paixão
ser o caminho por onde tu passar
serei a luz em noite de escuridão

estar contigo, ser o teu aconchego
provar do gosto do beijo
e em teus braços morar

os dias passam e a saudade aqui no peito
aumenta mais o meu desejo
de com voce estar

Quarteto Raizes do Sertão

Abraços!!!

Para baixar shows ao vivo acessem: Arquivos Forropezaum